Doce de abóbora

IMG_8043zz
"O balão vai subindo, vem caindo a garoa. O céu é tão lindo e a noite é tão boa!
São João, São João, acende a fogueira do meu coração."
Agora que acabou o dia dos namorados, vamos para as próximas festas desse mês tão movimentado... Chegou a hora de falar nas Festas Juninas e hoje é dia de Santo Antônio (o Casamenteiro!), um dos três santos relacionados a elas. Além dele, São João (24/06) e São Pedro (29/06) são homenageados aqui no Brasil.
Sabiam que, embora a maioria das pessoas pense que a origem das festas juninas seja religiosa, ela começou como uma festa pagã? Podem acreditar... Acontecia nas colheitas de início do verão na Europa, em agradecimento à fertilidade da terra. Na Idade Média, sim, elas passaram a agregar conteúdos religiosos, mas já há muito tempo são comemoradas por inúmeras pessoas, independente da religião.

Acho que todo mundo tem curiosidade de saber por que Santo Antônio ficou conhecido como o santo casamenteiro (entre outras das suas várias atribuições). Na verdade, há muitas histórias que contam a origem dessa crença. A mais conhecida diz que uma moça, que havia perdido as esperanças de casar, apegou-se a Santo Antônio e colocava flores em um pequeno oratório com a imagem do santo todos os dias, sempre pedindo que ele lhe trouxesse um marido.
Um dia, depois de anos de devoção ao santo sem que o noivo aparecesse, ela atirou a imagem pela janela. Naquele exato momento, um jovem cavalheiro passava por ali e foi atingido pela imagem. O rapaz apanhou-a foi entregar para a moça. Daí já dá para imaginar o final da história, não é mesmo?
Foi a partir desse episódio que as moças “casadoiras” começaram a fazer orações pedindo ajuda ao santo e cultuando sua imagem, e que surgiram as inúmeras simpatias nesse sentido.

Bem, querendo casar ou não, aconselho todo mundo a experimentar a receita de hoje, que é o doce de abóbora.

Beijos,
Mônica Maria Rinaldi Asciutti

 

Ingredientes:

1 kg de abóbora em pedaços
400g de açúcar
200ml de água
3 paus de canela
10 cravos

 

Modo de fazer:

Coloque tudo em uma panela e deixe ferver até apurar. Demora aproximadamente 30 minutos.

 

© Copyright Georgia Zeringota e Paula Weber – Todos os direitos reservados.
Louças gentilmente cedidas por D.Filipa

Receitas relacionadas

Comentário

Comentários encerrados.