Dicas para cozinhar com as crianças e melhorar a alimentação delas

guia da cozinha

Paula Weber conversou com o Guia da Cozinha e deu sugestões para fazer os pequenos tomarem gosto pela culinária!

O Dia das Crianças é uma ótima oportunidade para trazer os pequenos para a cozinha e cultivar o gosto pela culinária em família. Conversamos com a chef Paula Weber, autora do livro A Família CUCA na Cozinha e responsável pelo Pitadas & Palpites. Ela deu dicas preciosas sobre como cozinhar com as crianças e como despertar nelas o prazer pela alimentação saudável. Confira a entrevista na íntegra:

Como cultivar nas crianças o gosto pela cozinha?
“Em primeiro lugar, deixe as crianças entrarem na cozinha. Na minha opinião, não se deve dizer que a cozinha é um ambiente perigoso. É fato que requer atenção no manuseio de uma faca ou do fogão, por exemplo, mas sempre há alguma atividade que os pequenos podem fazer. Essa evolução é importante para que, aos poucos, consigam se familiarizar com o espaço.”

Que tipo de receita é ideal para fazer junto com as crianças?
“Pratos bons para fazer são aqueles com um perfil mais saudável. Assim, desde pequenos podem se relacionar com os ingredientes e quebrar resistências ao dizer que não gostam, sem ao menos provar. O contato deles com os alimentos permite o desejo de degustarem. Entre as sugestões, uma salada bem colorida, nhoque de ricota e quitutes como muffins de abobrinha e banana. Todas as receitas são práticas e deliciosas!”.

É possível deixá-las assumir a cozinha? Como fazer isso e quais cuidados tomar para que elas não se machuquem?
“Sim, é possível. Para tanto, é preciso sempre supervisão e acompanhamento. À medida que o processo evoluir, o familiar pode conceder mais autonomia e fazer com que elas se sintam mais confiantes e realizando sozinhas as tarefas.”

Quais são os benefícios de cozinhar com as crianças?
“Trazer as crianças para a cozinha faz com que elas aprendam a importância de esperar um alimento ficar pronto, a necessidade da ordem no preparo e, principalmente, a realização e prazer de ver uma tarefa cumprida, ainda mais uma tarefa saborosa.
Outro ponto que destaco é a oportunidade de mostrar que comida saudável não é ruim! Isso é um mito, pois contamos com muitas receitas de comidas saudáveis preparadas de diversas maneiras gostosas. A questão é que, muitas vezes o próprio adulto já não tem esse hábito e transmitem essa mensagem para seus filhos.”

Como despertar o interesse das crianças em comidas mais saudáveis?
“O ideal é fazer uma receita em que tenha alguma coisa que a criança possa fazer, veja qual a idade das crianças. Desfolhar manjericão, separar os ingredientes, untar a forma, rasgar os vegetais. Incentive a curiosidade por experimentar novas receitas e descobrir novos sabores. Despertar o paladar é fundamental para qualquer descoberta.”

 

Confira a matéria no Guia da Cozinha.

Receitas relacionadas