Bruschetta

bruschetta
"Continuando com as entradas, que tal uma que possa ser feita a dois, picando os ingredientes e conversando? Um dos benefícios de cozinhar junto é que a
conversa rende, as pessoas se aproximam e acabam descobrindo talentos e segredos que não seriam revelados de outra maneira .Este texto da Marcia Moura Arruda explica a origem da Bruschetta e é muito interessante."

texto: Paula Weber

 

Bruschetta
É uma iguaria italiana que tem sua origem na Antigüidade, entre os trabalhadores rurais, que aproveitavam o pão que sobrava do dia anterior de uma maneira gostosa. O termo bruschetta (pronuncia-se brusqueta) é originário das regiões do Lazio e de Abruzzo, derivada da palavra “bruscato” que significa tostado ou torrado, quer seja no forno ou na grelha.  Na região da Toscana, é conhecida como Fetunta, fatia untada com azeite, ou também como a pizza de pão.
A clássica bruschetta é feita com uma fatia de pão italiano rústico, de farinha escura e grossa, casca dura, que é tostada na grelha, esfregada com alho, untada com abundante azeite e polvilhada com sal ou eventualmente com pimenta-do-reino, mas existem muitas variações.
Por este motivo, podemos fazer com diversos tipos de pão. Para se ter uma boa bruschetta basta um pão de qualidade e azeite de oliva.

 

Ingredientes:
2 pães ciabatta
3 dentes de alho
4 tomates picados sem pele e sem semente
2 colheres de sopa de manjericão
1 colher sopa de azeite
Sal e pimenta moída na hora

 

Modo de fazer
Corte o pão e passe o alho em cada fatia;
Coloque no forno quente para tostar;
Aqueça o azeite;
Salteie o tomate com o manjericão sem deixar cozinhar o tomate
Coloque no pão e sirva.

 

Algumas dicas:
A pimenta-do-reino moída na hora, também dá um sabor especial.
Toste, se possível, o pão na grelha ao invés do forno, ele fica macio por dentro e com uma casca crocante por fora.
Se usar queijo e quiser derretê-lo, coloque as bruschettas em forno alto, por alguns minutos, isto impedirá que o pão endureça.
A bruschetta pode ser quente ou fria.

 
© Copyright Georgia Zeringota e Paula Weber – Todos os direitos reservados.

Receitas relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


3 × sete =